terça-feira, 18 de dezembro de 2012

2012 - 14º Encontro - com amigos e filhos dos amigos

D
urante o ano se tornou comum o pessoal perguntar quando vai ser nossa próxima Reunião.  Claro que a maioria não acessa o blog e não acompanha a pesquisa “aí do lado”, mas isso é o que menos importa. O que importa mesmo “são os 10 dias sem juros” e o próprio questionamento, pois demonstra de forma clara o interesse permanente de estarmos juntos, pelo menos mais uma vez nesse ano.

Alguns questionam o porque de não nos reunirmos mais de uma vez. A resposta é simples, basta que marquem e nos comuniquem local e data.  Seria muito bom um novo encontro e torcemos para que se realize.

Mas o que interessa mesmo é o que aconteceu no último dia 30 de novembro. Nos reunimos, de forma ininterrupta, pela 14ª vez , e mais uma vez com mais de 50 amigos, o que comprova que os amigos de verdade não se separam, apenas seguem por caminhos diferentes, e basta um chamado para se mostrarem presentes.

Fato interessante foram as presenças de mais “sobrinhos”. Os filhos de nossos amigos estão se tornando mais freqüentes e pelo menos uma vez por ano, também nossos amigos.

Letícia, do Betinho Chahaira, esta uma figurinha carimbada, o Vieirinha, Lívia, da Lu, Dudu, do Amaro, e outros mais que também compareceram em nossas mesas e alguns já acompanhando nossos drinks, se juntaram ao Rodrigo, o Jason Neko, ou simplesmente, o “filho do Jhonny”.

Tal como a presença de Tadeu “Papinha”e Miltinho, Zé Kley e Rogério, Marquinho, do velho Parafuso, Bibaca, de Campos, Betinho, lá do Paraná, Gaguinho, de Araruama, e outros mais, Rodrigo, que veio de Saquarema, fez também parte dessas agradáveis surpresas que conseguimos juntar nessa noite memorável.


Para nós um garoto, o filho do Jhonny é um homem feito. Com 30 anos, professor, fotógrafo profissional, casado, morador de Saquarema e acima de tudo a “cara do Jhonny”.

Rodrigo nos contou que sua mãe não gostava de lembrar do passado mas certo dia deixou escapar umas pistas que o levaram ao nosso blog, foi a oportunidade de conhecer um pedaço de sua história.

Parece até “novela da Globo”.  Em pouco tempo se transformou no centro das atrações. Ouviu de todos histórias fantásticas de seu pai,  o “herói-bandido” de nossa turma.  Foram tantas, que impressionado divulgou em sua rede social que tinha ido ao encontro de um “grupo muito doido” de amigos de seu pai, o que não está muito longe da verdade, graças a Deus.

Seu jeito simples conquistou o grupo, no entanto o que mais impressionou foi sua aparência com Jhonny.  Bastava uma pequena pista para logo vir à lembrança o médico, o comandante, o paraquedista, o empresário, e outros tantos Jhonnys que conhecemos, e que certamente, se vivo, estaria junto a nós.  Arrisco a dizer, que mesmo se estivesse vivo e preso, daria um jeitinho de aparecer. O cara não era fácil e imprevisível.

Outro ponto alto da festa, foi sem sombra de dúvidas, a presença de Roberto Azulão e Byra, ambos em plena recuperação na saúde e, por uma feliz coincidência, de um grande parceiro de Jhonny, Zé Kley, de quem Rodrigo pode ouvir elogios e um  pouco das últimas aventuras que essa dupla aprontou.  

Foi realmente uma noite especial, onde a emoção se deixou levar e se um abraço vale mais do que mil palavras, espero que nossos abraços possam fazer com que essas simples palavras se multipliquem pois se por a caso nos encontramos um dia, não é por acaso que permanecemos juntos, assim como tudo faremos para que dentro de pouco tempo estejamos aqui, novamente juntos, com novas surpresas e novas e velhas histórias, para contar e recontar. Até breve confrades.



“Enquanto se tenha ao menos um amigo, ninguém é inútil.” (Robert Stevenson)

4 comentários:

Luiz Claudio disse...

Alguém já disse o quanto as pessoas se impressionam em saber que temos um grupo com mais de 50 anos de amizade; e não é um grupo com 5 ou 6 pessoas, é bem mais do que isso, pois se contarmos as famílias que também são amigas e se visitam com freqüência, este grupo se expandirá e certamente as pessoas se impressionarão mais ainda.
Falar de amizade e companheirismo sempre é bom. Sempre nos fortalece, pois passar uma vida sem ter amigos, é viver na penúria da solidão, mesmo que em meio a multidão. Além de falar, contudo, o que mais nos gratifica é viver essa amizade coletiva, é ter a surpresa do reencontro, já formalizado e institucionalizado no mês de novembro. É saber que ao final do ano, encontraremos amigos que o dia a dia da vida nos separa.
Aqueles que nem sempre podem estar, por contingências da vida, ficam de longe, aguardando filmes e fotos, revendo amigos e ficando com aquele gostinho de arrependimento por não ter podido ir. Fazer o quê, né mesmo!? Paciência! Mas que se contentem com as fotos, com as notícias do blog – espaço reservado, que considero um tesouro de nossas memórias.
Já são 14 anos de encontros (com algumas despedidas de amigos apressadinhos, que foram para o andar de cima) que está dando vontade de ampliarmos esta freqüência para um encontro por semestre. Não sei se terá a mesma “liga”, pois esperar um ano, como se fosse a chegada do verão, é que me parece ser o “tesão” destes encontros.
Bom rever amigos antigos, amigos novos e agora, ver os filhos e filhas de amigos, que passam a ser nossos amigos. Talvez um dia, eu até escreva um livro com o seguinte título: Meus amigos e os filhos de meus amigos. Quem sabe?
Um beijo a todos e que Deus esteja sempre presente na vida de vocês, trazendo saúde, paz e amor a todos.

Kybe

Bibaca disse...

Drinks, muito boa suas palavras sobre o evento, porem para refrescar sua memoria eu não estou em Campos e sim no ES, se e´que vc lembra e faltou falar da presença de uma pessoa no evento que do nosso duende Ling Ling(mais conhecido como Lingote), o restante esta de bom tamanho, agora ve se para de andar com os alemães e vai se tratar um remedinho de vez em quando não faz mal.kkkkkkk!!!!!!!
Bjds Fuuuuuiiiiiii.
Bibaca

Byra disse...

MEUS VELHOS E QUERIDOS AMIGOS,

Desejo a todos, e as respectivas famílias, um ótimo Natal e um novo ano repleto de saúde e realizações. Com muito dim-dim. Obrigado pela grande amizade que perdura entre nós e que seja conservada por muitos anos.
Abraços
Byra

Wellington Gaguinho disse...

GRANDE BIRA E A TODAS AS FAMÍLIAS ,

AINDA NÃO CONSEGUIRAM ACABAR COM O MUNDO , VAMOS SEGUIR E NO PRÓXIMO ANO ESTAREMOS JUNTOS , LÁ NO " KTTGRILL) " OU QUEM SABE FRETAREMOS UM VÔO , UM TRANSATLANTICO E IREMOS COMEMORAR NOSSO ENCONTRO EM ALGUMA PARTE DESSE PLANETA,
PARA ISSO BASTA , ALGUEM ENTRE NÓS GANHAR A " MEGA DE VIRADA", FICA AQUI A SUGESTÃO...
MAS DO CONTRÁRIO , QUALQUER BOTECO " BUNDA DE FORA " SERÁ UM LOCAL MARAVILHOSO, ISSO PORQUE NÓS COM A NOSSA PRESENÇA E AMIZADE O TORNAREMOS ASSIM.

FELIZ NATAL ! E QUE 2013 , CHEGUE COM MAIS AMOR E SAÚDE À TODOS.

GUAGUINHO