quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Bons Amigos



BONS AMIGOS

Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.




Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!

Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
Amigo a gente entende!

Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar.
Porque amigo sofre e chora.
Amigo não tem hora pra consolar!

Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção.
Amigo é a base quando falta o chão!

Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!

Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!

Machado de Assis

3 comentários:

J Drinks disse...

Kibe

Este texto é simplesmente fantástico. Machado de Assis foi genial e ao que tudo indica deu um valor sem igual à amizade sincera e verdadeira, um exemplo que merece ser seguido e é o que estamos fazendo.

A foto adicionada é uma pequena parte de uma turma de cúmplices abençoados.

Obrigado meu amigo.

Lis disse...

Ô Zé!

Estes encontros estão se tornando uma bela tradição. Ficamos aqui, os que não podem ir, por motivos diversos, a olharmos pela "janela" da caixinha de silício, nossos amigos - estes felizardos - pois tiveram o merecimento de poderem estar mais próximos neste dia.
Mas peço-lhe o seguinte: a memória de alguns, e falta de convivência de outros não nos permite reconhecer alguns dos presentes. Faça a "chamada" dos que estão na foto que você postou, por favor. Assim, saberemos todos, quem são aqueles que não identificamos de imediato, mas que com certeza estarão mais vivos em nossa memória, após seus nomes aparecerem em nossa telinha.

Abs.

Claudio Kibe.

Byra disse...

Kibe,

Obrigado pelo lindo texto e por suas palavras. Foi muito bom conversar com você ao telefone e, mesmo que distante - fisicamente - , dividir com você esse momento de renovação da crença na amizade. Para reforçar o conceito de amizade, relembro a letra de Milton Nascimento que também fala sobre o tema com muita alegria:

Canção da América
Elis Regina
Composição: Milton Nascimento

Amigo é coisa pra se guardar
Debaixo de sete chaves
Dentro do coração
Assim falava a canção
Que na América ouvi
Mas quem cantava chorou
Ao ver seu amigo partir
Mas quem ficou
No pensamento voou
Com seu canto que o outro lembrou
E quem voou
No pensamento ficou
Com a lembrança que o outro cantou

Amigo é coisa pra se guardar
No lado esquerdo do peito
Mesmo que o tempo e a
Distância digam não
Mesmo esquecendo a canção
O que importa é ouvir
A voz que vem do coração

Pois seja o que vier
Venha o que vier
Qualquer dia amigo eu volto
Pra te encontrar
Qualquer dia amigo
A gente vai se encontrar.

Fico com os últimos versos:
"Qualquer dia amigo
A gente vai se encontrar"

E que seja breve esse dia.

Abraços,
Byra