segunda-feira, 27 de outubro de 2008

LA CASIERA HORROROZA



Assim como os comentários do Amaro e da Rose, o texto de nosso Bibaca conta uma passagem que merce destaque. E é assim que Drinks & Kibe vai funcionar. Vamos matar as saudades. Contar para os amigos aqueles segredinhos que até então estavam guardados para um dia serem contados. O espaço é livre e de todos nós.

Palavras do Bibaca:

"É com grande sassstisssssfação que ao abrir o blog e me deparo este icone da MPB, tantos festivais da canção popular no maracanãzinho que seu Maciel comandou, e se GLORIOSO( glorioso porque tambem é botafoguense e se não me engano tambem atleticano em MG) ED Maciel, numa de suas indas e vindas para seus shows, deparou-se com um caso digno de ser reelembrado nos anais da CD, pois aqui vos relato, até porque não podia passar em branco:
Era o ano de 1976, eu tinha acabado de dar baixa do exercito por isso não da para esquecer este fato pois ficou marcado por muito tempo na minha mente. Final do ano estava próximo, e como todos os anos sempre nos reuniamos para saber onde iriamos passar o reveilon,e papo vai papo vem e porque não organizar-mos uma festa no bairro reunindo as duas CD, onde fazer, onde sera, não sei de quem foi ou de onde surgiu a ideia, mais sei que nosso grande amigo Sergio Maciel Moita comprou a ideia e levou para que seus pais aprovassem a mesma( não sei si depois se arrependeram),aprovada então estava definido que seria na triunfal cobertura de seu apartamento como tantos outros eventos aconteceram por ali (copa de 70, mais esse é um outro assunto que fica pra depois), resolvido o local começamos a definir como seria o evento, a principio seria um baile a fantasia em que não poderia ser fantasias comuns, como indio, palhaço entre outros.Definir o valor dos convites em que cada 1 convite dava o direito de levar 2 meninas, definir o nome do baile que ficou conhecido e batizado pelo nosso grandioso que Deus o tenha JBezerra como LA CASIERA HORROROZA. pensamos em tudo até porteiro-segurança(me fugiu o nome agora) foi contratado com o dinheiro arrecadado, os DJ não podiam deixar de ser outros J Bezerra e Derzemar Derze, bebidas nunca vi issso sobrava, tiragosto aos montes e as fantasias cda uma mais original possivel, algumas eu ainda me recordo, Moita com minha farda de treinamento do exercito que eu guardei ao dar baixa,eu e Castor de Gangster, J Bezerra de Elice Cooper, Saverio fugiu de casa fantasiado de rainha(não sei qual),depois sua noiva italina braba foi busca-lo e acabou ficando, teve até premio para a melhor fantasia e se eu não me engano quem levou foi Saverio, tinha muitas outras que eu não me lembro com mais detalhes pois nesse dia eu apaguei desmaido no banheiro da casa do meu amigo em que tdos pensavam que eu tinha me cortado, isto porque alguem foi ao banheiro para tentar fazer um curativo e deixou sangue do meu lado causando uma certa preocupação, só sanada com a chegada do seu Maciel que pediu ao porteiro-segurança que me remove-se para saber se eu estava bem e de onde era aquele sangue, constatado que não era meu, encosta ele no canto e toca a festa,a cobertura estava lotada, todos se divertindo na maior alegria, alegria essa contagiante, todos dançavam com suas namoradas no maior respeito sem confusão,coisa que hoje nem pensar, (quando eu conto algumas histórias do meu passado para minha filha ela fica perplexa e pergunta para a mãe dela se é verdade), esta que só terminou ao raiar do sol com tdos entre vivos e feridos(zumbis), indo par praia do Flamengo dar um mergulho de boas vindas ao Ano Novo.
Esse realmente foi Ano Novo que não da pra esquecer sobre o fato com o seu Maciel foi o seguinte, o nome do porteiro-segurança que não me lembro não conhecia o pai do Moita e ficou definido que sem convite ninguem subia, então só depois de muita conversa e explicaçâo foi que seu Maceil pode subir para sua casa e me resgatar do meu porre, e dizer uma fraze que até hoje guardo como tema para minhas palestras de motivação, pensamos em tudo e esquecemos de registrar.Cade a Máquina Fotografica seu Kibe vc e´que era fotografo da CD.
Se alguem lembrar das outras fantasias e quem estava vestido favor escrever."
Um abço a todos
Biba

8 comentários:

Byra disse...

Drinks/Kibe

RESSACA NO LAGUINHO

Aos poucos as histórias começam a retornar. Os hiatos que por ventura ocorram, deverão ser preenchidos pelos devidos protagonistas.

Lendo a mensagem do Biba (alô Marcos...) sobre Réveillon, me veio a cabeça uma imagem das mais esdrúxulas de minhas lembranças: vários personagens da Corrêa, entre os quais me incluo, sendo ‘acordados’ pelo Baixinho - Sr. Antonio (porteiro do prédio do Dellaney) – de manhã, após uma reconfortante noite de sono, dentro do “Laguinho” decorativo da portaria do prédio. Hoje, imagino a reação dos moradores do prédio, ao chegarem de suas festas, deparando-se com aquela ‘pirâmide’ de corpos dentro do Laguinho. Devia ser uma visão ‘dantesca’... uma fotografia do inferno (risos).

Abraços Biba,

Byra

Drinks&Kibe disse...

Byra,

Lembrei-me de um dito de Kako Antibes: "Aqueles corpos embriagadosdentro do laguinho. Parecia a visão do inferno."

abs.

Kibe

J Drinks disse...

Caríssimos Confrades

Como bem disse meu parceiro, Kibe, vamos preencher os hiatos, porém no meu caso é um pouco diferente, pois aconteceu, provavelmente, na festa do ano seguinte.

Lá pelas tantas, já um tanto alegre pelos drinks, fui para debaixo da mesa da sala, bem lá no cantinho, junto com uma jovem, que por motivos óbvios não lembro quem era, para trocarmos umas idéias e por lá ficamos.
O tempo passou e eu apaguei, literalmente, e nem me lembro quando, a menina foi embora e eu fiquei, absorvido pelo sono dos justos.
De repente, uma catucada e alguém me pergunta o que estou fazendo ali. Confesso que nem eu sabia, para falar a verdade, naquele momento eu nem sabia onde estava. Vi outras pessoas caminhando pela casa, acredito que já estavam tomando café. Nem me despedi. Levantei e fui embora o mais rapido pssível, uma falta de educação que me penitencio, mas acredito que não houve nenhum problema.
Já na rua, não me lembro do rumo tomado, mas me arrisco a dizer que tenha sido na direção dos bares vizinhos, pois era certo de encontrar algumas figurinhas carimbadas e teríamos muito para contar.

Ano novo, drinks novos.

drinks for ever

J Drinks disse...

Descupas

Byra,

me referi aos "...hiatos de meu parceiro, Kibe...", mas o certo é "...os hiatos do Byra...".

Porém o mais importante é que o blog está cada vez mais interessante.

Até o próximo

"drinks for ever"

Paulinho Goda disse...

Fala Biba .. que lembranças ... eu comentei na nossa reunião aki na confraria da REpublica .. entre eu, Kibe e Beto sobre essa festa ... bom ... eu estava de Corcunda de Notre Dame .. LEMBRAM ... muito legal ... o primeiro q vi qdo entre na residencia oficial dos Eds, foi o carcamano ... vestido de Marilyn Monroe ... loirissímo ... e no final depois de muitas doses queria levar de premio a garrafa de Usque do seu Ed que era enorme ... muito grande .. e queria levar ou beiber tudo ... muito legal lembrar dessa festa ... valeu Biba ... e se lembrar de outras passagens escreverei ... bjus a todos >... ESTAREI NO DIA 06/11 NO RIO ...

J Drinks disse...

Caro Embaixador das Terras de Brasília - Grande Godá

Sei q vc não vai poder ficar até o dia 28, mas a Diretoria não pode deixar de se reunir.
Aguardamos sua chegada e não esqueça de trazer os Relatóriso de suas atividades assinado pelo Secretário Kibe de nossa Embaixada.

Drinks
o Presidente

Beto / CD disse...

Boa lembrança sua Bibaca. Mes passado em BSB com o Claudio e o Godá rememoravámos essa festa e seus tantos acontecimentos. O Claudio e o Godá certamente tem lembranças muito vivas desse dia. Eu nem tanto. Quanto ao Maciel sem dúvida marcou nossas adolescências tanto por ser quem o Claudio já, com a veia jornalística tão brilhante de seu Pai, descreveu maravilhosamente no blog e pela resposta tão singela e emocionante a todos nós do amigo Sergio Moita Maciel. Que bom podermos ter um revival de tudo isso ainda nesta vida. Mais uma vez Claudio e Zé Drinks tenho certeza que essa iniciativa com a lista, blog, encontros trazem tanta coisa boa de volta e nos ajudam a compreender melhor o que somos hoje. Beijos a todos.
Beto/CD

Frango Del Macumba disse...

Eu fui fantasiado de Árabe e fui barrado faltando uns 15 min., para passagem do ano novo, pois eu tinha esquecido o convite em casa, eu entrei na festa com a Marcinha que morava no 99, detalhe a confusão se deu pois, o porteiro/segurança (ERINALDO infelizmente já falecido), recebeu ordens expressas de só permitir entrada dos convidados com convite.

Espero ter avivado sua memoria.

Gofran
Vice-Presidente
Confraria CD