sábado, 11 de outubro de 2008

Roteiro sem um rumo certo ou fim de noite no forró do Flamengo


Em um determinado sábado, eu e Vieira estávamos sem programação definida - e nesta rara ocasião em que o restante do pessoal não estava nos botecos da rua - saímos a beber chopp com stanhegüer, começando pelo boteco da esquina da Corrêa de baixo, seguimos pela Praia do Flamengo passando pelo Cabanas e seguindo até o Belmonte (parando de bar em bar), lá perto da Tucumã; pegamos um táxi fomos pra boate Tropicana (onde fica o Canecão), ganhamos 3 drinks...saímos, fomos pra Prado Júnior e encontramos o Robson Pirata e mais alguém que não me lembro em um boteco. Fechamos o boteco. Pegamos outro táxi, fomos para a Praça Mauá, fazer não sei o que...ou não lembro o que fizemos. Mas lembro que não ficamos lá. Pegamos outro táxi. E não é que o motorista era um porteiro lá do prédio do Moita!? Pedimos a ele que nos deixasse lá no Forró do Flamengo e assim ele fez. Fomos conversando os assuntos mais tresloucados possíveis. Não me peçam pra lembrar, por favor! E o papo foi tão bom que o motorista não quis nem cobrar....dali pra frente não lembro de muita coisa. Só do barulho da música do forró, a todo volume, as breguetes com seus perfumes que mais pareciam cheiro de tempero, o cheiro de suor a dominar o salão...enfim, como diria Kako Antibes; era a visão do inferno. Ficamos pouco tempo por lá, creio. Pois lembro que acordei em casa, tarde à beça pra me encontrar com a Sandra lá na praia.

abs.

Kibe

3 comentários:

J Drinks disse...

Valeu Kibe

Aos poucos nossos pedaços irão se ajustar para a montagem de um grande QUEBRA-CABEÇA.
Cada caco representa um momento, de alegria, de tristeza, de brigas, e tudo o mais que já passamos e não queremos perder.

Vamos em frente e "drinks for ever"

Drinks&Kibe disse...

Zé,

Vou colocando aos poucos os "causos", um ou dois por semana...pra sentir a recepitividade e a interação da galera.

Um detalhe: Eu não sei quantas linhas alguém de fora pode escrever nos comentários. Vc sabe?

K.

J Drinks disse...

Pelo que o Amaro escreveu, cabe o bastanate para escrevermos os "causos", se o espaço for pequeno, resolvemos na hora ...

Aguardemos os próximos, está ficando bom.

Drinks